VISLUMBRES


View My Stats

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

SONETILHO DO SONHO POSSÍVEL


Andei por todos os cantos

Redescobrindo horizontes,

Vestindo todos os mantos

Das flores de todos os montes



Mergulhei nos rios mais santos,

Rumo à nascente das fontes

Que lhes dão vida, em quebrantos,

Brotando em líquidas pontes



Perfeitamente tangíveis,

De aparência cristalina,

De arcadas quase invisíveis,



Quase à dimensão divina…

[…fui mãe dos sonhos possíveis

de toda e qualquer menina…]









Maria João Brito de Sousa – 01.01.2012 – 15.07h

9 comentários:

Ivete disse...

Lindo,Maria João! Doce e sensível poema. Adorei!
Beijos e bom 2012!

Eduardo Miguel Pereira disse...

Eu venho aqui e deleito-me, uma e outra vez.
E olhe que eu não embarco em elogios faceis.

Lindo. Muito lindo. Tão singelo, tão puro, tão apaixonadamente maternal.

Um bom 2012, com muita saúde e alegria, que o resto há de se ir conquistando.

Maria João Brito de Sousa disse...

Olá, Ivete! :)
Não tenho andado muito bem e, agora, as coisas andam menos bem com certos valores analíticos que se desequilibraram na sequência desta dupla infecção, respiratória e renal.
Já não produzo tanto, amiga... mas vou fazendo o que posso :)
Abraço grande!

Maria João Brito de Sousa disse...

Obrigada, Eduardo Miguel! :)
Um BOM 2012! Havemos de fazer dele um ano de conquistas! :D
Abraço grande!

Maria disse...

Descobri-te no Cravo de Abril.
Gostei deste soneto do sonho possível, e vou voltar.

:)

O Puma disse...

Amanhã será outro dia

a resistir

Maria João Brito de Sousa disse...

Olá, Maria!
Acredita no que te vou dizer; dou-me bem com o senhor Tempo:)) e não me importo nada de estar a ficar velhota... mas quando vejo a quantidade de coisas que ficam por fazer devido à minha actual lentidão... caramba! Aí é que eu gostava de ter uns bons aninhos a menos! Não consigo acompanhar as publicações de nem a décima parte dos amigos que me visitam...
Obrigada e um abraço!

Maria João Brito de Sousa disse...

Olá, Puma! Obrigada e um abraço! :)

Victor Nogueira disse...

Olá
Grato pela visita VM