VISLUMBRES


View My Stats

sábado, 19 de janeiro de 2013

SONETO LUNAR


(Em decassílabo heróico)

Da natureza emerjo e sou quem sou
Consciente de aqui estar, mas tão serena
Que, ao espelhar-me em luares de lua plena,
Aguardo receber quanto lhes dou

E moldo cada raio que brilhou
Sem me sentir culpada, ingrata, obscena,
Por espinho, dissabor ou qualquer pena,
Que ressurja na flor que dele brotou…

Então, repasso o disco semi-gasto,
Das pétalas do mundo em que me basto
E hoje serei lunar porque me apraz

Ter um corpo distante, inerte e casto,
Do qual, sem dar por isso, só me afasto
Se me acontece querer sem ser capaz…



Maria João Brito de Sousa – 19.01.2013 – 19.43h

IMAGEM - L`IMPORTANT C`EST LA ROSE - Maria João Brito de Sousa, 1999

24 comentários:

Rogério Pereira disse...

Quererão tantos
A tua inocência
Pois que os culpados
Mal saberão soletrar o teu poema

Sê o que quiseres, quando quiseres
Ao Poeta deve-se tudo

Maria João Brito de Sousa disse...

...e eu garanto que o poeta sente sempre que deve, e que deve, e que deve... mas está uma maravilha, o teu post de hoje! Muito, muito bom!
Consegui roubar-to!


Abraço grande!

Natalia Nuno disse...

BELO...como sempre, um prazer imenso ler-te.

Meu abraço.

Maria João Brito de Sousa disse...

:D Natália! Que bom ver-te por aqui, amiga!

Vou visitar-te!

heretico disse...

a outra face da Lua, essa, não se molda na métrica de um soneto, pressente-se!...

... mas num poema solto, porventura, ainda por acontecer.

belíssima a tua poesia. sempre.

beijo

Maria João Brito de Sousa disse...

Não sei quantos poemas, sonetos ou não, já fiz à lua... mas tenho a certeza de que foram muitos, Heretico... nunca os planeio, eles é que me vão ocorrendo, porventura suscitados por momentos e circunstâncias.

Bjo e obrigada!

Lídia Borges disse...


Um lado lunar pleno de claridades.

Deixo o meu enorme apreço.

Um beijo

Maria João Brito de Sousa disse...

O meu agradecido abraço, Lídia. Aí vou...

Mar Arável disse...

As luas no ciclo das marés
inclinam-se sobre o poema

e reconhecem
que vale a pena sonhar
em voz alta

Maria João Brito de Sousa disse...

:) Obrigada, luas... obrigada, Mar Arável!

Abraço!

J Araújo disse...

O dar e o receber amor é almejado para quem ama e é amado.

Abraço

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

A lua é a eterna amante dos poetas e eu adoro tudo o que escreve.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Maria João disse...


Quem assim se espelha,

" ...em luares de lua plena" , só pode ser grande ne alma e no poema.


Um abraço, Maria João

O Puma disse...


... e assim se faz luz

Maria João Brito de Sousa disse...

O dar e receber parece-me uma constante da vida... até da vida na sua expressão mais primária, J Araújo... assim vejo a própria Vida, nessa continuada e imparável "tarefa" de dar e receber

Obrigada pela visita e o meu abraço!

Maria João Brito de Sousa disse...

Beijinho e muito obrigada, Sonhadora!

Maria João Brito de Sousa disse...

Olá, minha jovem e bonita homónima!:)

O meu corpo - e o trabalho que também ele produz - anda, há dois ou três dias, em conflito com o senhor tempo, rsrsrs... e não falo dos temporais que se têm feito sentir! Falo do outro, que parece tanto mais "encolhido", quanto mais crescem, em quantidade e qualidade, os episódios de agravamento do problema degenerativo...

Vou, num pulinho, até aí!

Maria João Brito de Sousa disse...

É só uma luzinha, Puma... apenas uma luzinha que se vem juntar a tantas outras - de tantas outras origens... - que vão brilhando por toda essa blogosfera...


abraço grande!

Evanir disse...

Estou a 7 anos na blogosfera : A viagem é o casula
hoje completando 2 anos de vida.
Quantos momentos alegres e triste também
faz parte da nossa jornada.
Deus permita muitos anos de vida para mim e meu blog
um mundo fantástico.
Onde nossas amizades sem face completa de maneira
sobrenatural minha vida.
Obrigada pelo seu carinho por fazer parte da minha caminhada
muitas vezes cansada ou meu caminhar um pouco mais lento.
Hoje deixo na postagem mil carinhos para você
um mimo desse dia feliz.
E o sorteio de mais 2 livros meus não
importa qual Pais será ganhador receberá com certeza com muito amor.
Pode até pensar porque sorteio tantos livros meus não é mesmo?
Por ele ser bom e de alguma forma deixar um pouco de mim para vocês.
Meu eterno carinho.
Um feliz final de semana.
Beijos na alma e no coração.
Evanir.
Estou só esperando você com muito carinho.

AC disse...

Poema que é observação, contemplação, discernimento, definição...
Senti-me cúmplice das palavras.
Parabéns!

Maria João Brito de Sousa disse...

Grata pela visita, Evanir. O meu abraço!

Nilson Barcelli disse...

A excelência mora neste teu soneto.
Qualquer Poeta gostava de o ter escrito.
Maria João, tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
Beijo.

Maria João Brito de Sousa disse...

Grata por essa cumplicidade, AC!

O meu abraço!

Maria João Brito de Sousa disse...

Muito grata pela doce apreciação deste meu soneto, Nilson!


Beijo!